O que tem na bolacha “ÁGUA E SAL”?

De

Diversas marcas ofertam este produto, aparenta ser bastante atrativo devido essa denominação “ÁGUA E SAL” remetendo este a um alimento saudável.

Porém estes não são os únicos ingredientes deste produto.

Apesar das marcas diversificarem nos ingredientes, a maioria dispõe na embalagem que os  INGREDIENTES são os seguintes:

Farinha de trigo enriquecida com Ferro e Acido Fólico: A farinha é um pó desidratado rico em amido, utilizado na alimentação, produto obtido de trigo moído. É um carboidrato simples, de fácil digestão, o que eleva rapidamente os níveis da glicose sanguínea. Facilitando a formação de tecido adiposo (gordura) no nosso corpo.

“Os altos índices de anemia e de doenças causadas pela deficiência de ácido fólico, na população brasileira, levaram o Ministério da Saúde e a Anvisa tornar obrigatória a fortificação das farinhas de trigo”. (ANVISA, 2002)

Gordura Vegetal: Pode ser extraída de milho, girassol,  amendoim, soja, canola, azeitona, estes óleos presentes na forma líquida em temperatura ambiente e em baixas temperaturas pode ser benéfica ao organismo, dependendo da fonte são insaturados e quando ingeridos aumentam os níveis de lipoproteína de alta densidade (HDL) no organismo, em quantidades recomendadas pode ajudar a evitar a formação de placas de ateroma e consequente entupimento das artérias. No entanto para que a bolacha tenha o aspecto crocante a gordura vegetal passa pelo processo de hidrogenação, fazendo com que ela se transforme quimicamente em Gordura Trans, que é muito maléfica ao organismo pois contribui para  o desequilíbrio no metabolismo dos lipídeos, aumentando o nível do colesterol, lipoproteína de baixa densidade (LDL) contribuindo para a formação da placa de ateroma e consequente infarto, afeta a imunidade, aumenta os risco de diabetes tipo II, dentre outros.

Apesar de não estar especificada nos ingredientes que a gordura é trans, podemos observar a presença deste ingrediente na tabela de Informações nutricionais na figura abaixo.

Açúcar: Açúcar comum (sacarose), adicionado para acentuar sabor ao alimento. Tem rápida absorção pelo organismo, podendo elevar rapidamente a glicemia sanguínea.

Açúcar Invertido: Xarope produzido a partir do açúcar comum (sacarose), quando na massa de bolos e biscoitos composta por açúcar (sacarose) é adicionada água e após aquecida ocorre a hidrólise da sacarose que é denominada açúcar Invertido.

Sal: Cloreto de Sódio, adicionado pára acentuar sabor ao alimento. Se ingerido em grandes quantidades pode elevar a pressão arterial.

Estabilizante Lecitina de Soja: obtida através do óleo de soja, muito utilizada na industria como emulsificante, não-tóxico, bem tolerada pelo organismo pois é parte integral das membranas celulares e pode ser totalmente metabolizada.

Fermentos Químicos (Bicarbonato de Amônio e Bicarbonato de Sódio): Combinação química de um ácido +  uma báse que promove a expansão da massa, aumentando o volume e a porosidade.

Fermento Biológico: produto obtido de culturas puras de microorganismos através de um procedimento tecnológico adequado  com objetivo de dar sabor, aumentar o volume e a porosidade do produto. Não tóxico ao organismo.

Informações Nutricionais

 6 Unidades

O Contrário do que muitos pensam este produto contém gordura e deve ser ingerido com cautela para evitar desequilíbrio.

Além do risco de ser consumida em exagero, o mais comum é que as pessoas acrescente algum tipo de gordura para “rechear” este biscoito, como, margarina, manteiga fazendo com que esta torne um produto altamente calórico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *